Once Upon a Time

Alguém assiste? Tô viciada, muito bom! 🙂

Imagine os personagens dos contos de fadas sem seus finais felizes. É assim que Once Upon a Time se apresenta, mostrando que dessa vez a Rainha Má finalmente triunfou. Para ter a sua felicidade, ela enviou todas as pessoas do mundo encantado para Storybrook, uma pequena cidade de Maine. Branca de Neve agora é uma professora primária chamada Mary e o Príncipe Encantado está em coma, preso a uma cama de hospital.

Porém nem tudo está perdido. Antes da maldição se abater nos personagens dos contos de fadas, Branca de Neve e o Príncipe Encantado conseguem salvar a própria filha, que está destinada a ajudá-los quando completar 28 anos. Emma Swan é enviada para o nosso mundo, onde é criada com órfã e nada sabe de seu passado. Entretanto, ela também acaba engravidando aos 18 anos e coloca seu próprio filho para adoção.

Seu filho Henry é criado pela Rainha Má em carne e osso, que no mundo real é a prefeita da cidade de Storybrooke, a mulher mais influente e poderosa da cidade. Mas o garoto consegue fugir e contar toda a história para Emma, levando-a à cidade e a fazendo ficar por lá por alguns dias. Por mais que não acredite nas palavras do filho, quando o leva de volta para sua cidade, ela vê que aquele é um local nada comum; um lugar onde a mágica foi esquecida, mas ainda existe; onde personagens de contos de fadas estão vivos, sem se lembrar de quem são de verdade ou de onde vieram. Agora cabe a Emma aceitar o seu destino e lutar pela sobrevivência dos dois mundos.
Fonte: site Minha Série

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s